Futebol na Rede

  • G+
  • Facebook
  • Twitter
  • Feed

Campeonato Paulista

- Site oficial do São Paulo |

Campeonato Paulista

São Paulo: De volta ao Brasil, atletas exaltam união do grupo

Período nos Estados Unidos fortaleceu o elenco e deixou os jogadores ainda mais próximos

São Paulo: De volta ao Brasil, atletas exaltam união do grupo
Foto: Rubens Chiri/Site oficial do São Paulo

No campo, intensidade nos trabalhos e muita dedicação. Fora dele, um excelente ambiente e demonstrações de que o grupo está cada vez mais unido. Assim foi o período dos jogadores são-paulinos nos Estados Unidos na pré-temporada, que rendeu a conquista da Florida Cup. Na noite da última segunda-feira (23), a delegação retornou ao Brasil, e os atletas exaltaram a harmonia do grupo.
“Ficamos juntos durante todo o tempo na Florida, e isso aproximou os jogadores. Os mais jovens que subiram da base se sentiram mais à vontade, e os recém-contratados já estão mais entrosados. A convivência foi muito boa, e voltamos mais unidos para brigar por títulos este ano. Nosso grupo está forte e preparado para começar bem o Campeonato Paulista”, afirmou Rodrigo Caio, que teve a opinião compartilhada pelos companheiros.
“Temos que levar esta união para dentro de campo, um ajudando ao outro. Estamos no caminho certo para ter um elenco forte e cada vez mais unido”, opinou o zagueiro Maicon. “É importante começar a temporada com coisas boas, e foi assim nos Estados Unidos: intensidade nos treinos, um título para dar mais confiança e com os jogadores sempre juntos”, acrescentou Lugano.
Assim como os atletas, o técnico Rogério Ceni também enalteceu a parceria dos são-paulinos, que complementarão os ajustes em solo brasileiro antes da estreia no Campeonato Paulista: marcada para o dia 5 de fevereiro, contra o Grêmio Osasco Audax, fora de casa. Vale lembrar que antes de encarar o estadual, o Tricolor fará um amistoso contra o Columbus Crew.
“Os jogadores foram muito dedicados nos treinos. Não tive qualquer caso de desentendimento, de relacionamento. Infelizmente não faço mais parte daqueles que entraram em campo, mas estou aqui. A ajuda do Michael, do Charles. E a aceitação deles foi muito boa. Toda a parte de comissão técnica, gente que trabalhou comigo todos esses anos, 26 anos. Fico feliz de vê-los todos alegres, é motivo de orgulho e felicidade para mim”, disse o comandante.

MAIS NOTICIAS - CAMPEONATO PAULISTA