Futebol na Rede

  • G+
  • Facebook
  • Twitter
  • Feed

Gauchão

- Site oficial do Novo Hamburgo |

Gauchão

Novo Hamburgo cria boas oportunidades, mas é batido pelo São José fora de casa

Novo Hamburgo cria boas oportunidades, mas é batido pelo São José fora de casa
Foto: Site oficial do Novo Hamburgo

O Esporte Clube Novo Hamburgo (ECNH) entrou em campo na noite desta quarta-feira, 24, pela terceira rodada do Gauchão 2018. O adversário foi o São José, no Estádio Passo D’Areia, em Porto Alegre. O Noia acabou derrotado pelos donos da casa pelo placar de 2 a 1. O gol anilado foi marcado por Juninho, aos 37 minutos do segundo tempo. A próxima partida será domingo, 28, contra o Juventude fora de casa.
O duelo começou com traços de Campeonato Gaúcho e logo aos 3 minutos, a primeira finalização do Novo Hamburgo. Após boa jogada pelo lado direito, entre o volante Diogo Oliveira e Lito, a bola sobrou para Juninho. Ele fintou a marcação e disparou um chute forte para o gol, mas o goleiro Fábio apareceu para fazer boa defesa.
O Anilado levou perigo em uma sequência de bolas paradas, aos 12 minutos. Em jogada ensaiada, depois de falta marcada sobre Branquinho na intermediária. Na cobrança, Conrado rolou para Assis disparar uma bomba, mas a finalização desviou na defesa e, no bate-rebate, quase traiu o arqueiro do Zequinha e o Noia cavou novo escanteio. Mais uma oportunidade para o Novo Hamburgo nasceu aos 20 minutos. Diogo Oliveira fez uma bela roubada de bola no campo ofensivo e serviu Branquinho, o atacante anilado passou pela marcação e arriscou de fora da área. Entretanto, o arremate passou por sobre a meta.
A melhor chance do Novo Hamburgo na etapa inicial ocorreu aos 28 minutos. Lito cobrou falta para o interior da grande área e Edson Reis fez a assistência para o zagueiro Talis cabecear, mas o goleiro Fábio fez milagre e evitou o gol anilado.
Após um primeiro tempo de supremacia de ações ofensivas do Novo Hamburgo, o São José voltou mais agressivo nos 45 minutos finais. Porém, a partir dos 15 minutos, o ECNH voltou a comandar a partida. Após boa arrancada de Branquinho, ele foi derrubado na intermediária do Zequinha. Assis alçou para a área, mas Júlio Santos cabeceou para fora. Aos 18 minutos, Xaro lançou novamente Branquinho na direita. O atacante dividiu com a zaga e a sobra ficou com Diogo Oliveira. O volante disparou uma pancada, porém, mais uma vez, o chute não encontrou a meta defendida por Fábio. Mais uma boa trama do Novo Hamburgo ocorreu aos 23 minutos. Diogo Oliveira viu o lateral-esquerdo Xaro em boa condição e aberto pela ponta. No domínio de bola, o ala já aplicou um drible desconcertante na marcação e bateu rasteiro. Entretanto, Fábio novamente fez firme defesa.
Apesar de tanto martelar o gol adversário, foi o São José que saiu em vantagem no placar, aos 25 minutos. O volante Alemão encontrou liberdade na intermediária e arriscou um chute violento contra o gol de Max, para fazer 1 a 0 para os donos da casa. Mais tarde, aos 33 minutos, novamente Alemão ampliou. Desta vez, o volante cobrou falta da entrada da área e fez 2 a 0. O Noia diminuiu aos 37 minutos, com o meia Juninho. Ele marcou um belo gol encobrindo, de cabeça, Fábio. Depois de uma confusão dentro da área, o camisa 10 observou que o goleiro estava fora da meta, pois havia saído para fazer uma intervenção, e conseguiu a tirar a bola de seu alcance.
O Novo Hamburgo foi para cima do São José nos minutos finais. Aos 42 minutos, Xaro cobrou escanteio na medida e Talis, livre, testou para fora. Fim de jogo: São José 2 x 1 Novo Hamburgo.
O grupo do Esporte Clube Novo Hamburgo se reapresenta nesta
quinta-feira, 25, a partir das 16h, no Estádio do Vale. O quarto compromisso do Noia neste Gauchão será diante do Juventude, no Alfredo Jaconi, às 18h.
ESCALAÇÃO:
SÃO JOSÉ:
Fábio; Marcel, Goiano, Teco e Dudu; Alemão, Matheuzinho e Guedes; Kelvin (Juninho), Clayton (Ícaro) e Toto (Márcio Jonathan). Técnico Jaques.
NOVO HAMBURGO:
Max; Lito, Talis, Júlio Santos e Assis; David, Diogo Oliveira, Juninho, Conrado (Xaro) e Branquinho (Jean Silva); Edson Reis (Flávio Torres). Técnico Beto Campos.
CARTÕES AMARELOS: Alemão (São José), Talis e Júlio Santos (Novo Hamburgo).
CARTÃO VERMELHO: David (Novo Hamburgo).

MAIS NOTICIAS - GAUCHÃO