Futebol na Rede

  • G+
  • Facebook
  • Twitter
  • Feed

Gauchão

- Site oficial do Internacional |

Gauchão

Inter vence Juventude de virada

Inter vence Juventude de virada
Foto: Ricardo Duarte/Site oficial do Internacional

O Internacional venceu o Juventude por 3 a 1, de virada, na noite desta quinta-feira, no Beira-Rio, e assumiu a liderança do Campeonato Gaúcho. Os gols colorados foram marcados por Patrick, Iago e Nico López. Guilherme Queiroz fez o gol do Juventude. Mas o nome do jogo foi D´Alessandro, autor de assistências para os três gols colorados.O time de Odair Hellmann chegou aos 15 pontos, com cinco vitórias e duas derrotas, em sete partidas. No próximo domingo, o Inter enfrenta o São Paulo, em Rio Grande.
O Inter começou com a mesma escalação que goleou o São José por 4 a 0. A novidade estava com a presença no banco de reservas pela primeira do atacante Wellington Silva, contratado junto ao Fluminense. Outra novidade foi o retorno de Uendel, recuperado de lesão, no banco de reservas também.
Juventude na frente
Os primeiros minutos foram de muita marcação e poucas chances de gol. O Juventude fazia uma marcação competente, deixando sem espaços os jogadores colorados. O Inter procurava avançar preferencialmente com o apoio do lateral Iago, pela esquerda. Mas foi a equipe de Caxias que abriu o placar. Aos 13min, Guilherme Queiroz recebeu passe na entrada da área e encobriu Danilo, marcando o gol do Juventude.
Patrick empata em lance de D´Alessandro
O Inter respondeu aos 15min com bom cruzamento de Dudu, que, por muito pouco, não chegou à cabeça de Damião, na pequena área. Quatro minutos depois o Inter chegou ao gol de empate, em lance de inteligência de D´Alessandro. O meia cobrou escanteio rapidamente e rasteiro para Patrick, que concluiu cruzado e marcou o seu primeiro gol com a camisa colorada. Na comemoração, Patrick homenageou o seu filho nascido na semana passada, no Rio de Janeiro.
Virada com Iago
Aos 26, em jogada parecida, quase a virada. D´Alessandro cobrou falta rasteiro para Patrick na área, que matou e girou rapidamente. A bola passou ao lado com muito perigo. 50 segundos depois, Damião arrancou pelo meio e rolou para Pottker, na entrada da área. O atacante bateu rasteiro, mas a bola saiu ao lado do gol. Aos 33, Damião ganhou da zaga com drible de corpo e concluiu ao lado do gol. O Inter procurava toques rápidos e jogadas pelos lados com os laterais Dudu e Iago. D´Alessandro criava boas jogadas aproveitando as infiltrações de Patrick. Parecia que era questão de tempo para o Inter marcar mais gols. E assim foi.
Aos 43, um belo gol coletivo do Inter. A bola saiu de Danilo Fernandes, passou pela linha de defesa até chegar em Cuesta. O zagueiro argentino lançou para Damião que, de primeira, tocou para D´Alessandro. O meia viu Iago infiltrando na área e deu belo passe para Iago, que chutou forte de pé esquerdo para fazer o seu primeiro gol com a camisa colorada. E assim o Inter foi para o vestiário sob aplausos pela virada e principalmente pelo bom futebol apresentado.
Juventude volta melhor na segunda etapa
O Juventude voltou com duas mudanças para a segunda etapa. Entraram Vidal e Caprini nas vagas de César Martins e Felipe Lima. As mudanças tiraram a equipe caxiense da defesa e começaram a ameaçar o Inter. Aos 16min, Guilherme Queiroz recebeu na área e concluiu forte para defesa salvadora de Danilo Fernandes. Aos 22, Vidal entrou em velocidade na área e bateu forte para outra grande defesa de Danilo.
O técnico Odair Hellman colocou então Wellington Silva, que fez sua estreia com a camisa do Inter, no lugar de Rodrigo Dourado. Com isso, Patrick passou a atuar mais recuado, permitindo que Wellington Silva jogasse aberto pelo lado esquerdo. Aos 25, Damião deu grande arrancada até a entrada da área e tentou encobrir o goleiro. A bola foi na rede pelo lado de fora. 
Aos 32min, Pottker deixou o gramado lesionado para a entrada de Nico López. Dois minutos depois, o maestro D´Alessandro em lance de velocidade, arrancou pela direita e deu passe genial para Nico López, entrando na área. O atacante esperou a saída do goleiro e concluiu com categoria para marcar o terceiro gol colorado. Foi a terceira assistência de D´Alessandro na partida, Que jogador!
Aos 36, Gabriel Dias foi a campo no lugar de Dudu. Com isso, Edenílson foi para a lateral-direita. Aos 47, Damião recebeu na área e quando iria concluir, foi bloqueado pela defesa. Um minuto depois, Wellington Silva cruzou da esquerda para Gabriel Dias concluir ao lado. Foi a última chance da boa vitória colorada no Beira-Rio.
Internacional (3)
Danilo Fernandes; Dudu (Gabriel Dias), Klaus, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado (Wellington Silva), Edenílson, William Pottker (Nico López), D´Alessandro e Patrick; Leandro Damião.
Técnico: Odair Hellmann.
Juventude (1)
Douglas; Vinícus, Fred, César Martins (Vidal) e Pará; Guilherme (Denner), Sananduva, Fellipe Matheus, Guilherme Queiroz e Felipe Lima (Caprini); Ricardo Jesus.
Técnico: Antônio Carlos Zago.
Gols: Guilherme Queiroz (J), aos 13min do primeiro tempo, Patrick (I), aos 19min do primeiro tempo, Iago (I), aos 43min do primeiro tempo, Nico López (I), aos 34min do segundo tempo.
Cartões amarelos: Guilherme Queiroz (J), Iago (I).
Público: 13.440
Renda: R$ 320.175,00
Arbitragem: Daniel Bins, auxiliado por Thiago Diel e Andreza Mocelin.
Local: Estádio Beira-Rio.

MAIS NOTICIAS - GAUCHÃO