Futebol na Rede

  • G+
  • Facebook
  • Twitter
  • Feed

Campeonato Mineiro

- Site oficial do Atlético-MG |

Campeonato Mineiro

Galo empata com o América e fica em 2º no Estadual

Em jogo dramático, o Atlético acabou ficando com o vice-campeonato mineiro ao empatar por 1 a 1 com o América, neste domingo, no Mineirão, no segundo jogo da final. O gol atleticano foi marcado por Clayton. O América venceu o primeiro jogo da decisão por 2 a 1.
Robinho foi o artilheiro do Campeonato Mineiro, com nove gols, seguido por Lucas Pratto, com seis.
O Galo vota a campo na próxima quarta-feira para enfrentar o São Paulo, no Morumbi, no jogo de ida das quartas de final da Copa Bridgestone Libertadores da América.
O JOGO
Na primeira ofensiva alvinegra, Carlos recebeu lançamento de Lucas Pratto na grande área e foi travado na hora do cruzamento. No ataque seguinte, Carlos César cruzou pela direita e a bola atravessou a grande área.
Lucas Pratto arriscou de fora da área, aos 12 minutos, por cima do gol. Dois minutos depois, Carlos foi à linha de fundo e cruzou para o corte da zaga. Após o escanteio, Erazo finalizou e exigiu grande defesa de João Ricardo.
O Galo pressionava e voltou a levar perigo no cruzamento rasteiro de Marcos Rocha pela direita, interceptado pelo goleiro americano.
Douglas Santos ganhou a jogada pela esquerda, aos 17 minutos, e acabou cruzando com muita força. Aos 22, João Ricardo errou a saída de bola e Marcos Rocha tentou chute por cobertura do meio-campo, mas a bola saiu longe do gol.
Carlos recebeu lançamento de Rafael Carioca pelo meio, aos 23 minutos, e a arbitragem assinalou impedimento inexistente do atacante atleticano.
Victor fez boa defesa aos 36 minutos, no chute de bicicleta de Victor Rangel. Aos 38, Carlos César chutou cruzado para a boa defesa de João Ricardo.
Carlos foi substituído por Clayton aos 43 minutos. Em seguida, Tiago recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso.
SEGUNDO TEMPO
O Atlético voltou do intervalo com outra alteração: Robinho no lugar de Hyuri. De cabeça, Robinho desviou escanteio pela esquerda. Na sequência da jogada, Clayton cruzou pela direita e a defesa do América fez o corte.
Aos quatro minutos, em grande oportunidade, Robinho recebeu na área e tocou para o meio, mas a zaga afastou o perigo.
Após cruzamento de Rafael Carioca, Robinho quase marcou de cabeça, aos cinco minutos, e a bola saiu rente à trave. Aos oito minutos, Marcos Rocha cruzou pela direita e Robinho chutou de primeira para outra defesa de João Ricardo.
Aos 12 minutos, Lucas Pratto recebeu passe de Robinho, driblou seu marcador e chutou para a defesa parcial de João Ricardo. Clayton pegou o rebote e mandou para a rede: Galo 1 x 0.
O gol de Clayton incendiou a Massa Atleticana no Mineirão. Logo depois do gol, Victor fez grande intervenção no chute de Rafael Bastos.
Aos 18 minutos, Carlos César deixou o campo para a entrada de Edcarlos. Aos 26, Robinho sofreu falta pela esquerda, Rafael Carioca fez a cobrança e a bola passou por todo mundo, saindo pela linha de fundo.
Clayton tentou finalização da entrada da área em contra-ataque, mas a bola explodiu no zagueiro.
Danilo empatou para o América aos 38 minutos. Aos 41, Pratto recebeu cruzamento de Robinho e concluiu para fora.
Já nos acréscimos, Clayton cruzou e a bola atravessou a pequena área. O Galo pressionou até o fim, mas não chegou ao gol da vitória.
ATLÉTICO 1 x 1 AMÉRICA
Motivo: Campeonato Mineiro – Final (Jogo de volta)
Data: 8/5/2016
Hora: 16:00
Estádio: Mineirão
Cidade: Belo Horizonte (MG)
Gol: Clayton (57’), Danilo (83’)
Público:
Renda:
R$
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa/GO)
Auxiliares: Alessandro Álvaro Rocha de Matos (Fifa/BA) e Carlos Berkenbrock (Especial 1 – CBF/SC)
Cartões amarelos: (Atlético); Sueliton, Osman, Danilo (América)
Cartões vermelhos: Tiago (Atlético), Alison (América)
Atlético
Victor; Carlos César (Edcarlos), Tiago, Erazo e Douglas Santos; Rafael Carioca, Júnior Urso, Marcos Rocha e Hyuri (Robinho); Carlos (Clayton) e Lucas Pratto. Técnico: Diego Aguirre.
América
João Ricardo; Artur (Jonas), Sueliton, Alison e Bryan; Leandro Guerreiro, Claudinei (Borges), Danilo e Rafael Bastos (Tiago Luis); Osman e Victor Rangel. Técnico: Givanildo Oliveira.

MAIS NOTICIAS - CAMPEONATO MINEIRO