Futebol na Rede

  • G+
  • Facebook
  • Twitter
  • Feed

Campeonato Mineiro

- Site oficial do América-MG |

Campeonato Mineiro

América-MG reverte vantagem do rival com grande vitória no Independente

América bate o Cruzeiro por 2 a 0 no primeiro jogo semifinal e toma a vantagem do adversário na decisão da vaga para a final

América-MG reverte vantagem do rival com grande vitória no Independente
Foto: Site oficial do América-MG

Com grande apoio de sua apaixonada torcida, o América domou a vantagem do Cruzeiro no primeiro jogo semifinal do Campeonato Mineiro, ao bater o rival por 2 a 0, nesta tarde de sábado (16/4), na Arena Independência.
Com um gol em cada tempo, agora pode até perder por 1 a 0 no segundo clássico, no próximo domingo, no Mineirão, que ainda assim ficará com a vaga na final do Estadual. O zagueiro Adalberto e o atacante Victor Rangel fizeram os gols da equipe americana, que poderia ter ampliado a vantagem, caso tivesse aproveitado melhor as chances criadas.
O próximo compromisso do Coelho será pela Copa do Brasil. O time estreia na competição nacional na quarta-feira (20/4), às 19h30, contra o time paulista Red Bull Brasil, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Pelo Campeonato Mineiro o próximo confronto será o jogo da volta pela semifinal do Mineiro com o Cruzeiro, domingo (24/4), às 16h, no Mineirão.
O time titular americano entrou bastante modificado no clássico. O meia Osman e o zagueiro Alison foram vetados  no último instante pelo Departamento Médico. O técnico Givanildo Oliveira, para não mexer no esquema tático de três zagueiros, colocou o volante Leandro Guerreiro na função e promoveu a entrada do volante Claudinei no meio.
O clima do início de jogo foi de muita animação da torcida americana, que empurrava o “Time da Família”, que compareceu em maior número que a torcida do adversário e emparrou o Coelho pra cima do rival. Porém, quem começou melhor no jogo foi o time celeste, que dominava a posse de bola e obrigava o Coelho a se postar defensivamente.
O América conseguia conter o poder ofensivo do rival e sair em velocidade quando recuperava a bola. Não fosse o árbitro auxiliar Marcos Vinícius Gomes, que marcou sucessivos impedimentos inexistentes do ataque americano, o Coelho poderia ter aberto o placar nos primeiros 20 minutos de jogo.
A partir dos 20 minutos, o Coelho equilibrou o jogo e passou a chegar com mais perigo ao gol defendido pelo goleiro Fábio. E na primeira grande oportunidade, o zagueiro Adalberto recebeu a bola após rápida troca de passes e finalizou com firmeza de fora da área, obrigando o goleiro Fábio a fazer difícil defesa aos 24 minutos.
E foi o próprio zagueiro Adalberto que acabou se transformando no personagem principal do primeiro tempo. Após cobrança de falta pelo meia atacante Tiago Luís, na intermediária, o zagueiro Sueliton desviou de cabeça na entrada da área e, na sequência, Adalberto,  sem deixar a bola cair, fuzilou o gol celeste: Coelho 1 x 0.
VANTAGEM AMPLIADA
No segundo tempo foi completamente diferente. O time americano dominou totalmente o adversário. Por muito pouco o Coelho ampliou aos 9 minutos, em jogada do meia Rafael Bastos, que infiltrou na área e finalizou forte para boa defesa de Fábio. Na sobra, o lateral esquerdo Bryan pegou de primeira, mas o goleiro voltou a salvar sua equipe.
Um minuto depois, Tiago Luís cruzou uma bola que percorreu toda a área e acabou batendo na trave, em mais uma ótima oportunidade criada.
Aos 15 minutos, o técnico Givanildo Oliveira foi obrigado a modificar sua equipe. Rafael Bastos se lesionou e deu lugar ao lateral esquerdo Danilo.
A superioridade americana em campo se consolidava na medida em que o tempo passava. Aos 26 minutos, após rápida cobrança de lateral feita por Bryan, o atacante Victor Rangel quase marcou um golaço de “bicicleta”. Ele dominou  no peito e emendou de “bicicleta”, em curto espaço, mas o goleiro fez grande defesa.
Pouco depois, o quase virou realidade. Após recuperar a bola na defesa, o time americano disparou em contra ataque com o lateral Pablo. Ele recebeu pela direita, avançou ao ataque e tinha tudo para finalizar a gol. Mas fez uma linda assistência para o atacante Victor Rangel empurrar para as redes e fazer 1 x 0, aos 30 minutos da segunda etapa.
Aos 37 minutos, Givanildo Oliveira promoveu a estreia do atacante Borges. Ele entrou no lugar de Victor Rangel. Aos 40 minutos, Givanildo fez a última mudança ao colocar o volante Ernandes no lugar de Tiago Luís.
O Coelho ainda teve mais alguns contra-ataques, mas já administrativa excelente vantagem, que lhe dá o direito de pode perder até por um gol de diferença para passar às finais do Campeonato.
FICHA DO JOGO
AMÉRICA 2 X 0 CRUZEIRO
Estádio: Arena Independência, em Belo Horizonte
Motivo: 1º jogo da semifinal do Campeonato Mineiro
Árbitro: Igor Júnio Benevenuto (MG)
Auxiliares: Marcos Vinícius Gomes (MG) e Magno Arantes Lira (MG)
Gols: Adalberto, aos 42 minutos do 1º tempo;  e Victor Rangel, aos 30 do 2º tempo
Cartões amarelos: Tiago Luís, Sueliton, Claudinei (América); Lucas Romero, Ariel Cabral (Cruzeiro).
AMÉRICA
João Ricardo; Pablo, Sueliton, Leandro Guerreiro, Adalberto e Bryan; Claudinei, Tony, Tiago Luís (Ernandes) e Rafael Bastos (Rafael Bastos); Victor Rangel (Borges). Técnico: Givanildo Oliveira
CRUZEIRO
Fábio; Mayke, Léo, Bruno Rodrigo e Sanchez Miño; Lucas Romero, Henrique e Ariel Cabral (Élber); Rafael Silva (Allano), Arrascaeta (Pisano) e Alisson. Técnico: Deivid

MAIS NOTICIAS - CAMPEONATO MINEIRO